Senadores apresentam notícia-crime ao STF contra Aras por prevaricação

“O comportamento desidioso do Procurador-Geral da República fica evidente não só pelas suas omissões diante das arbitrariedades e crimes do presidente, mas também pelas suas ações que contribuíram para o enfraquecimento do regime democrático", argumentam Contarato e Alessandro Vieira 247 - Os senadores Fabiano Contarato (Rede-ES) e Alessandro Vieira (Cidadania-SE) protocolaram no final da manhã …

Bolsonaro, sobre Luis Miranda: ‘Não posso tomar providência de tudo que chega a mim’

Personalidades do mundo político entenderam a declaração do presidente como uma possível admissão do crime de prevaricação - "Não tenho obrigação de responder. Ainda mais carta pra bandido. Três bandidos", disse Bolsonaro na manhã de hoje, ao comentar se responderia à carta enviada por integrantes da CPI RBA – Em entrevista à Rádio Gaúcha na …

PGR abre inquérito contra Bolsonaro por prevaricação no caso Covaxin

Bolsonaro será investigado em suposto esquema de corrupção na negociação para compra de vacinas Covaxin, na qual, ele tentará maneiras diferenciadas para desviar esse foco, por exemplo jogar a culpa em outras pessoas ou até mesmo manter sua tentativa absurda de desqualificar as eleições com o passado do voto impresso. Seja bem indo às trevas …

Em meio ao escândalo da Covaxin, Augusto Aras diz que não cabe à PGR investigar Bolsonaro por prevaricação

Em declaração não oficial, Aras disse que a PGR tem a atribuição apenas de denunciar o presidente por crime comum, cabendo ao Legislativo fazer a denúncia por crime de responsabilidade 247 - Um dia após senadores enviarem ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma notícia-crime contra Jair Bolsonaro por prevaricação no possível caso de corrupção na …

O que é prevaricação, crime que CPI da Covid investiga se Bolsonaro cometeu no caso Covaxin

A suspeitas sobre contrato para compra da Covaxin são nova fonte de desgastes para governo Bolsonaro, o servidor Luis Ricardo Miranda disse ter informado ao presidente sobre irregularidades na compra da vacina, o caso envolve também o líder do governo na Câmara Ricardo Barros (PP) e o deputado Luis Claudio Miranda (DEM) que é irmão …

%d blogueiros gostam disto: