Bolsonaro e Temer são culpados pelo Brasil não ter mais medalhas olímpicas

Ex-secretário nacional de esportes, André Arantes, diz que se o Brasil não tivesse vivido um golpe no Brasil em 2016 teria ampliado o apoio ao esporte, a exemplo do pode ser observado nos países de sucesso. Por Paulo Montaryn Vermelho - No triathlon, André Arantes disputou campeonatos mundiais e continentais e se manteve por anos …

Martine Grael e Kahena Kunze conquistam a medalha de ouro na vela (veja o quadro de medalhas)

É o terceiro ouro do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio. Ítalo Ferreira, no surfe, e Rebeca Andrade, na ginástica, conquistaram os outros. Veja como está o Brasil no quadro de medalhas 247 - Com uma largada excelente, Martine Grael e Kahena Kunze administraram com tranquilidade a briga com as rivais e conquistaram, nesta terça-feira (3), …

Rebeca Andrade: Brasileira, Mulher, Negra, pioneira de Ouro e Prata (Repercussões)

Com o ouro conquistado no salto, ela se torna a primeira brasileira que sobe duas vezes ao pódio em uma única edição de Jogos Olímpicos, primeiro conquistou a prata do individual geral, agora aos 22 anos apenas, Rebeca faz historia com ouro no salto dos Jogos  Olímpicos. Com Revista Fórum Já é possível fazer uma …

Baile de Favela: Rebeca Andrade é prata em Tóquio

Rebeca Andrade, de 22 anos, iniciou a carreira no projeto social Iniciação Esportiva, da Prefeitura de Guarulhos, na Grande São Paulo e conquista o mundo com sua graça de prata com sabor de ouro. Com Fórum O funk que embalou Rebeca Andrade em sua apresentação de solo na Ginástica Olímpica em Tóquio agora vai ganhar …

Italo Ferreira conquista no surfe o primeiro ouro do Brasil em Tóquio

Em final contra o japonês Kanoa Igarashi, Italo garantiu a primeira medalha de ouro para o Brasil e também a primeira do surfe, modalidade estreante no programa olímpico RBA – O otimismo com a ‘Brazilian Storm’ nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 era grande, tendo em vista que os últimos dois campeões mundiais de surfe estavam …

Rayssa Leal, 13 anos de idade, é prata no skate com direito a entrar na história do esporte

Aos 13 anos e 203 dias, a maranhense de Imperatriz Rayssa Leal tornou-se a atleta brasileira mais jovem a subir ao pódio olímpico em toda a história, ela emocionou o Brasil em Tóquio e na terrinha que madrugou esperando a fadinha brilhar. Por Redação Eram 1:30 da manhã desta segunda-feira (26), quando este repórter estava …

%d blogueiros gostam disto: