Morte de medico de defendia cloroquina e morreu com fracasso do tratamento

Mais uma bomba que explode no colo da prevent sênior, em mais um episódio do escândalo que assombra o plano de saúde é a morte do médico negacionista Anthony Wong, usado como referência por bolsonaristas na defesa do tratamento precoce. A Prevent Senior escondeu que a Covid-19 foi causa da morte do médico pediatra e toxicologista Anthony Wong.

Com Esquilo Político

De acordo com reportagem da Revista Piauí, o atestado de óbito não mencionou a Covid-19 nem como causa básica nem secundária, e informou somente as doenças que decorreram da Covid-19. No campo da causa mortis, disse o seguinte: choque séptico, pneumonia, hemorragia digestiva alta e diabetes mellitus.

Em outubro de 2020, Anthony Wong fez declarações defendendo a “intervenção vertical”, que é o isolamento somente de idosos e gestantes, No dia 17 de novembro ele foi internado no hospital sancta Maggiore que pertence a Prevent Senior, ele informou que estava fazendo uso do tratamento precoce, depois disso passou a ser tratado pela médica negacionista Nise Yamaguchi, acusada de fazer parte do gabinete paralelo, em janeiro, ele morreu em janeiro por causa da Covid-19.

Vale ressaltar que foi o próprio médico quem autorizou ser medicado com o “kit Covid” da Prevent Senior, composto de hidroxicloroquina, azitromicina e ivermectina. O tratamento precoce durou quatro dias, e Wong passou a usar outros remédios, todos sem comprovação pela ciência. Recebeu heparina inalatória, cujo efeito em infecções virais é desconhecido, e metotrexato venoso, tradicionalmente prescrito no tratamento de doenças autoimunes e inflamatórias crônicas, como artrite, mas sem efeito comprovado contra a Covid. Juntamente com essa leva de tratamentos experimentais, Wong recebeu mais de vinte sessões de ozonioterapia retal, tratamento que até mesmo o Ministério da Saúde do governo Bolsonaro desaconselha.

A Prevent Senior já havia chamado a atenção da comunidade médica no inicio da pandemia, por ser o hospital que concentrava o maior número de óbitos naquele momento, depois passou a ser defendida com unhas e dentes pelo pseudo analista político,Caio Coppolla um bolsonarista de carterinha, que também é defensor do isolamento vertical e do tratamento precoce, não foram uma ou duas vezes que da bancada da CNN o “menino de ouro” se derreteu em defesa da Prevent Senior, alegando que o hospital estava salvando vidas com o tratamento precoce, agora, com tudo que vem a tona, levanta a suspeita de que a Prevent Senior omitiu informações, óbitos, e que usou seus pacientes como cobaia para um estudo sem o mínimo de ética e respeito a vida dos usuários do que deveria ser um plano de saúde.

Procurada pela reportagem, a Prevent Senior disse que não comentaria casos específicos de pacientes sem autorização da família. Carla, viúva de Wong, enviou a seguinte nota à reportagem: “A família informa que não tem poder para alterar nenhuma informação no atestado de óbito e vê com incredulidade a invasão do prontuário. Informa ainda que não existe nada a ser dito e pede que respeite o nome do doutor Anthony Wong.”

Informações: Revista Piauí

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s