Bolsonaro desafia ciência e diz que fez “tratamento precoce” inexistente contra a Covid-19 e mentiu varias vezes na ONU

Em discurso na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas, Bolsonaro assumiu que desde o início da pandemia vem apoiando a disseminação do tratamento ineficaz contra a Covid-19, rejeitado mundialmente e completou sua fala com mentiras dignas do seu cercadinho em Brasília.

Com Brasil 247

Em discurso na abertura da 76ª Assembleia-Geral da ONU, nesta terça-feira (21), Bolsonaro passou mais um vexame ao assumir, para líderes mundiais, ter feito o “tratamento precoce” sem comprovação científica para Covid-19. Disse que o Brasil estava à beira do socialismo quando assumiu o governo, fato que é mentira e continuou seu vexatório discurso na ONU.

Bolsonaro assumiu que desde o início da pandemia vem apoiando a disseminação do tratamento ineficaz contra a Covid-19, rejeitado em todo o mundo e segundo ele pela imprensa que o critica. Segundo o mandatário, é uma forma de incentivar a “autonomia dos médicos na busca pelo tratamento precoce”. Mentira pois nem mesmo seu ministro Queiroga tem autonomia pra nada.

“Apoiamos a vacinação, contudo, nosso governo tem se posicionado contrário ao passaporte sanitário ou a qualquer obrigação relacionada à vacina”, disse ainda que o “tratamento precoce” foi uma orientação do Conselho Federal de Medicina no Brasil e que ele mesmo aderiu ao tratamento, que utiliza medicamentos desprezados pela ciência. Mais uma inverdade do presidente Bolsonaro que semana passada mandou que o ministro Queiroga interrompesse a vacina contra covid-19 para adolescentes.

Jair Bolsonaro abriu seu discurso atacando a imprensa e o socialismo e mentindo abertamente ao afirmar que o Brasil estaria há “dois anos e meio sem corrupção”. Afirmou que “o Brasil tem um presidente que acredita em Deus, respeita a Constituição” e que isso “é muito” porque “estávamos à beira do socialismo”. Na questão indígena, disse que eles têm liberdade total para ir e vir, que mais ele queria? Mas esqueceu que povos indígenas estão sendo dizimados por garimpeiros com apoio dele e dos ruralistas que querem terra, ouro e financiam às queimadas na Amazônia.

Repercussão do discurso:

Com informações do Brasil 247

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s