Baile de Favela: Rebeca Andrade arrasa no solo em Tóquio; veja vídeo

Rebeca viralizou novamente ao levar o funk para os Jogos Olímpicos, o Brasil tem inúmeros talentos que são barrados pela falta de investimento tanto público como privado.

Com Revista Fórum

A ginasta Rebeca Andrade fez sua apresentação ao som do funk “Baile de Favela”, de MC João, nas Olimpíadas de Tóquio neste domingo (25). Rebeca já havia conquistado o ouro do individual geral no Campeonato Pan-Americano de ginástica artística, em junho, quando selou sua classificação para os Jogos Olímpicos. Na época, o solo da ginasta já havia viralizado.

Neste domingo, dia da apresentação no Mundial, não foi diferente. Nas redes, “Baile de Favela” é um dos assuntos mais comentados.

Rebeca recebeu 14.066, a quarta melhor nota no solo, atrás das norte-americanas Jade Carey (14.100) e Simone Biles (14.133), e da italiana Vanessa Ferrari (14.166). No salto, ela teve 15.400 na primeira nota, 14.800 na segunda nota, finalizando uma média de 15.100. Com uma ótima pontuação final, com 57.399, atrás da norte-americana Biles, com 57.731, Rebeca segue na disputa em três finais. Mas se depender dos brasileiros ela já é campeã e brilhou muito.

Assista:

E a ginástica brasileira ainda conquistou a vaga na trave com Flavia Saraiva, que enfrenta uma lesão no tornozelo. Ela se machucou na apresentação do solo, desistiu de se apresentar em dois aparelhos, mas conseguiu conquistar uma vaga para a final na trave. Ela saiu da competição mancando e vai precisar acelerar sua recuperação para a final.

Flavia em sua primeira participação conseguiu a marca de 13.966, na trave.  Já no solo, a ginasta brasileira lesionou o tornozelo. A lesão aconteceu ao pousar no último movimento da apresentação. Ela deixou o local de competição mancando e chorando muito. Posteriormente, após conversa com seu treinador, Flávia decidiu desistir das provas restantes.

Mesmo fora das outras etapas a ginasta conseguiu pontuação suficiente para garantir uma vaga na final da trave. Ela finalizou na 9ª colocação e a chance de disputar a fase decisiva veio pois na sua frente estavam três atletas da China e nas finais só é permitido dois atletas por país.  Confirmada na decisão, a ginasta agora corre contra o tempo para se recuperar. As finais da trave acontecem no dia 03 de agosto, nesta data encerram as competições de ginástica olímpica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s