Gleisi e Humberto Costa cobram impeachment de Bolsonaro

Os parlamentares afirmam já haver provas suficientes para abertura de processo contra Bolsonaro,  Precisa-se de um mecanismo que obrigue o presidente da Câmara dos Deputados a pautar o afastamento do presidente quando há “objetivamente os crimes descritos, fundamentados, públicos“. Já o senador Humberto Costa, lembra que ele cometeu crime de responsabilidade e diversos crimes comuns.

Com Brasil 247

“Bolsonaro cometeu muitos crimes de responsabilidade na pandemia, como o descumprimento dos preceitos constitucionais que garantem o direito à vida e à saúde. Cabe à Câmara abrir um processo de investigação que pode resultar em impeachment”, postou o senador Humberto Costa (PT-PE),

“Existem ainda os crimes comuns que Bolsonaro cometeu aos borbotões, como a disseminação de pandemia e o desrespeito de normas sanitárias rígidas. Ele pessoalmente cometeu esse tipo de crime. E há ainda crimes contra os direitos humanos, que podem resultar em ações internacionais”, pontuou o parlamentar pelo Twitter.

Já a presidente nacional do PT Gleisi Hoffmann, defendeu uma alteração na Constituição sobre a análise de pedidos de impeachment e reforçou que a CPI da Covid já reúne um conjunto de provas que responsabilizam o governo Bolsonaro e sustentam o afastamento de Bolsonaro.  As acusações de corrupção que vieram à tona com a CPI precisam ser investigadas, há provas de que o governo não foi apenas omisso na pandemia. As ações tinham objetivos corruptos.

“É crime mesmo, era o objetivo de ter esse resultado, não pode ser outra coisa. Sabiam o que estava acontecendo e mesmo assim as medidas não eram tomadas“. Para Gleisi, as ações do governo federal em relação à pandemia levaram o Brasil ao “caos de 550 mil mortes” e à situação econômica atual. “Hoje estamos vivendo uma tragédia“, afirmou citando a fome no país.

Segundo Gleisi, é preciso um mecanismo que obrigue o presidente da Câmara dos Deputados a pautar o afastamento do presidente quando há “objetivamente os crimes descritos, fundamentados, públicos“.

“Hoje, no Congresso Nacional, a base do Bolsonaro tem um tratamento por parte do governo muito VIP, com recursos do Orçamento sem limites, cargos no governo. Então temos que ter um mecanismo para que o país não fique refém, como está ficando de um governo que destrói o país”, afirmou a deputada.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), já afirmou que não irá analisar pedidos de impeachment. Para Gleisi, Lira “chega ao nível da irresponsabilidade” ao continuar “do lado de Bolsonaro“.  O superpedido de impeachment mostrou “que há um movimento grande, que vem se formando na sociedade brasileira, para enfrentar essa descontração que Bolsonaro traz para o Brasil“.

Foto: Agência Brasil

Uma resposta para “Gleisi e Humberto Costa cobram impeachment de Bolsonaro”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s