Aliados de Bolsonaro querem saída de Tite postando foto do técnico da seleção com Lula

Aliados do presidente Jair Bolsonaro fizeram uma campanha nas redes sociais contra o técnico Tite na noite de 6ª feira (4.jun.2021). Com a hashtag #ForaTite, os usuários das redes pediam a saída do técnico da seleção brasileira e divulgaram imagens dele com o ex-presidente Lula (PT). Na foto usada, Tite e Lula se encontraram em 2012; o técnico ainda não era responsável pela seleção brasileira de futebol e sim pelo Corinthians no qual Tite deixou sua marca com vários títulos como: Campeonato Brasileiro 2011,  Campeonato Brasileiro 2015, Libertadores 2012,  Mundial de Clubes 2012, Campeonato Paulista 2013 , Recopa 2013.

Com Poder360

Tite se encontrou com Lula em 2012, quando o petista não era mais presidente. O técnico treinava o Corinthians na época. O time tinha ganhado a Copa Libertadores e o técnico mostrou a taça para o ex-presidente.

Em dezembro de 2018, Tite se recusou a encontrar Bolsonaro em uma possível comemoração do título da Copa América, que seria jogada no ano seguinte no Brasil. “A minha atividade não se mistura e eu não me sinto confortável em fazer essa mistura“, respondeu ao ser questionado por jornalistas.

Na época, o encontro com Lula também foi relembrado. Em entrevista ao canal SporTV, Tite afirmou que errou ao levar a taça para Lula. “Errei lá atrás, não faria com o presidente antes da Copa e nem agora porque entendo que misturar esporte e política não é legal. Fiz errado lá atrás? Sim. Faria de novo? Não.”

O técnico também afirmou na época que o Palmeiras comemorar seu título do Campeonato Brasileiro de 2018 com Bolsonaro é uma situação diferente. Desde que assumiu a seleção, o técnico evitou encontros políticos.

Tite afirma desde 2017 que não se sente confortável em misturar a seleção brasileira com política. O técnico também se recusou a se encontrar com o então presidente Michel Temer, no final de 2017. Era uma tradição o time se encontrar com o presidente antes de viajar para a sede da Copa do Mundo.

O encontro com Lula ressurgiu na 6ª feira (4.jun) por causa de uma declaração do capitão da seleção brasileira, o jogador Casemiro, no final da partida pelas Eliminatórias da Copa Mundo entre os times do Brasil e do Equador. Ao ser questionado sobre a opinião do time sobre a Copa América ser realizada no Brasil, ele respondeu que os jogadores tinham se posicionado e iriam ir à público com a questão “no momento oportuno”.

“Não podemos falar do assunto, todos sabem nosso posicionamento, mas não vamos falar do assunto. Todo mundo sabe, está mais claro impossível, o Tite deixou claro o que nós pensamos”. E completou: “Não só eu nem jogadores da Europa, como rolou, falo em nome de todos os jogadores com Tite e comissão técnica, é unânime.”

As declarações indicam que os jogadores da seleção estão decididos a dizer que preferem não jogar a Copa América, que foi trazida para o país numa iniciativa do presidente Bolsonaro.

Com isso, os aliados do presidente se manifestaram contra Tite. As publicações indicavam que o técnico é contra a realização da Copa América não pela pandemia, mas por ele supostamente discordar de Bolsonaro.

Até onde chegará a doença maldita do bolsonarismo?

Com informações do MSN

Uma resposta para “Aliados de Bolsonaro querem saída de Tite postando foto do técnico da seleção com Lula”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s