Brasil, Copa América, Bolsonaro e a morte

Em meio a chegada da eminente terceira onda no Brasil de Bolsonaro, “Já que ele insiste na imunidade de rebanho por contágio, provocando aglomerações todo final de semana, nada melhor que o maior evento esportivo do continente, com atletas, funcionários e jornalistas de dez países para espalhar o vírus” – Isso é tudo que Bolsonaro sonha com saber de aglomeração, vírus e morte.

Por Redação

O partido dos Trabalhadores se manifestou na tarde desta segunda-feira 31 contra o a ser realizado  no Brasil, segundo informações,  o partido entrará com ação no STF para barrar mais um crime do presidente Bolsonaro que embora muitas pessoas tenham ficado perplexas com a notícia de que a Copa América será realizada no Brasil depois da desistência da Argentina e o cancelamento na Colômbia,; um país apavorado com a escalada do vírus e o outro com conflitos políticos e vírus,. A  decisão do governo Bolsonaro foi coerente com a sua política sanitária. dizem especialistas.

Já que ele insiste na imunidade de rebanho por contágio, provocando aglomerações todo final de semana, nada melhor que o maior evento esportivo do continente, com atletas, funcionários e jornalistas de dez países para espalhar o vírus das mais variadas cepas possíveis aqui entre nós. É um prato cheio para a CPI da Covid e comenta-se também o lado da economia. O SBT já tinha comprado os direitos de transmissão, o cancelamento traria enorme prejuízo ao sogro do ministro das Comunicações, informou o jornalista Alex Solnik dos Jornalistas Pela Democracia.

Segundo o Antagonista, Será uma iniciativa separada à do deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG), que anunciou mais cedo que vai recorrer ao Supremo. Alexandre Padilha (PT-SP) disse ter conversado com Gleisi sobre o assunto, e acrescentou: “[O] PT ingressará no STF contra mais este absurdo do Governo Bolsonaro que busca realizar a Copa da Morte no Brasil. Continuaremos defendendo à vida, a vacinação ampla e irrestrita e medidas que busquem controlar a disseminação de novas cepas e a segurança para o povo”.

Como estamos vivendo o pesadelo de Brasil, Copa América, Bolsonaro e a morte, o Vice-presidente da CPI da Covid,,  Randolfe Rodrigues (Rede-AP) protocolou nesta segunda-feira (31) pedido de convocação do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, para prestar depoimento à comissão, assim esclarecer pontos.

“O evento, que terá início no dia 13 de junho, agora será sediado no Brasil, país que tem mais de 460 mil óbitos por Covid-19, que ocupa o segundo lugar do mundo em número de mortes e que está na iminência de uma terceira onda da doença”, escreve o senador. Vamos esperar os próximos capítulos dessa trama mortal de direita com direito a alegria do futebol, festa no pós jogo e luto de famílias com seus milhares de inocentes mortos.

Foto O Globo

Uma resposta para “Brasil, Copa América, Bolsonaro e a morte”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s